Desculpe, não possível recuperar os dados no momento.

Agronegócio

Adapar encerra a vigilância ativa de aves do ciclo 2024

Adapar segue com a vigilância passiva, atendendo casos de suspeita das doenças a partir das notificações recebidas pelos fiscais

AEN

15 de junho de 2024

Facebook
WhatsApp
Telegram

Agronegócio

Adapar encerra a vigilância ativa de aves do ciclo 2024

Adapar segue com a vigilância passiva, atendendo casos de suspeita das doenças a partir das notificações recebidas pelos fiscais

AEN

15 de junho de 2024

WhatsApp
Facebook

A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) concluiu a vigilância ativa em aves do ciclo 2024. O período de vigilância ativa, de dezembro a junho, é determinado para todo o País pelo Ministério da Agricultura e Pecuária com base no Plano Nacional de Vigilância para Influenza Aviária e Doença de Newcastle. Com o encerramento desta etapa, a Adapar segue com a vigilância passiva, atendendo casos de suspeita das doenças a partir das notificações recebidas pelos fiscais.

Foram colhidas neste ciclo 7.229 amostras de soros e suabes de traqueia e cloaca de aves em 448 propriedades. Considerando a separação por componentes, foram 5.745 amostras em 350 propriedades comerciais e 1.484 amostras em 98 propriedades de subsistência.

Segundo a coordenadora estadual de Sanidade Avícola da Adapar, Pauline Sperka de Souza, a vigilância ativa é uma importante ferramenta para comprovar a ausência das doenças na avicultura industrial e de subsistência. “Isso demostra a robustez do sistema, a capacidade de detecção precoce e a transparência do status sanitário das doenças no Paraná”, diz.

O chefe do Departamento de Saúde Animal, Rafael Gonçalves Dias, reforça a importância do monitoramento da influenza aviária no Estado. “A influenza aviária representa uma ameaça significativa à saúde das aves e à segurança alimentar, podendo também ter impacto na saúde pública e na economia local”, explica. De acordo com ele, a detecção precoce, vigilância sorológica e inspeções em estabelecimentos de criação são fundamentais para controlar e prevenir a introdução da enfermidade.

“Não medimos esforços na sanidade agropecuária e, especialmente, para a avicultura, que é um carro-chefe do agronegócio paranaense. Sabemos da importância do setor na economia e no contexto social, muitas pessoas vivem deste setor, e sem dúvidas temos um criterioso olhar na sua sanidade”, diz o diretor-presidente da Adapar, Otamir Cesar Martins.

Martins destaca o trabalho dos servidores da Agência envolvidos nessa atividade. “O esforço incansável, a competência técnica e a dedicação de cada um são indispensáveis para o sucesso na execução da vigilância”.

O Paraná tem status de livre de Influenza Aviária de Alta patogenicidade e de Doença de Newcastle. A presença da Adapar nas propriedades para a realização da vigilância ativa é uma oportunidade de disseminar de informações sobre a prevenção das doenças, encorajar a participação ativa da comunidade na promoção da saúde e na implementação de práticas sanitárias, o que incentiva uma cultura de responsabilidade social.

NÚMEROS – O Paraná é o maior produtor e exportador de carne de frango do país. As três principais cadeias de proteína animal, aves, suínos e bovinos, têm peso significativo na socioeconômica estadual

Dados do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab) apontam que o Valor Bruto da Produção (VBP) do frango atingiu R$ 34,2 bilhões em 2022, o que representa 17,85% do faturamento da produção agropecuária paranaense.

Últimas Notícias

Prefeitura de Dois vizinhos alerta sobre pode de árvores sem autorização

Realizar poda de árvores sem autorização pode gerar multas de até R$ 960,20. Saiba como proceder corretamente

Comentário diário Ogier Buchi no Estúdio News

Confira o comentário do jornalista politico no programa de hoje (15)

O progressismo assino que tentou matar Trump é o mesmo que tenta matar a liberdade no Brasil

Adrilles Jorge afirma que 'há no Brasil uma tradição de violência real contra a verdade'

Siga nos

Leia também

Foram regisdros 610.174 atendimentos frente aos 594.436 no mesmo período do ano passado. Os números incluem os atendimentos realizados por 282 ambulâncias e seis aeronaves coordenadas por 12 Regulações descentralizadas

Realizar poda de árvores sem autorização pode gerar multas de até R$ 960,20. Saiba como proceder corretamente

Os dados são do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa)

Ao todo, passaram mais de 4 mil pelo local durante os três dias de feira. Neste ano somaram-se 55 marcas e instituições presentes no Sítio São José, propriedade onde o evento ocorreu

Um programa com os principais destaques políticos tanto regionais quanto do mundo

A maior parte das vagas ofertadas nesta semana é para alimentador de linha de produção, com 5.960 oportunidades

Na bagagem, o grupo levou três robôs para competir nos desafios propostos ao longo do evento, um dos maiores de tecnologia e inovação do mundo, que nesta edição acontece em São Paulo

Rolar para cima

Inscrição feita com sucesso!