Notícias Brasil

Conab exige que empresas vencedoras comprovem capacidade financeira

O certame foi vencido por quatro empresas, mas apenas uma tem experiência no setor de comércio exterior

Gazeta do Povo

10 de junho de 2024

Facebook
WhatsApp
Telegram

Notícias Brasil

Conab exige que empresas vencedoras comprovem capacidade financeira

O certame foi vencido por quatro empresas, mas apenas uma tem experiência no setor de comércio exterior

Gazeta do Povo

10 de junho de 2024

WhatsApp
Facebook

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) anunciou a convocação de Bolsas de Mercadorias para que comprovem a capacidade técnica e financeira das empresas que venceram o leilão de arroz realizado na última quinta-feira (6). O certame foi vencido por quatro empresas, mas apenas uma tem experiência no setor de comércio exterior.

 

Ao todo, o governo “encomendou” mais de 263 mil toneladas de arroz importado pelo valor de R$ 1,3 bilhão. A exigência de comprovação ocorre após a imprensa divulgar que parte dos lotes foram arrematados por uma mercearia de bairro, uma locadora de veículos e uma fábrica de sorvete.

 

Em nota, a Conab afirmou que a análise será feita “diante das dúvidas e repercussões a partir da divulgação do resultado do leilão”.

 

“A transparência e a segurança jurídica são princípios inegociáveis e a Conab está atenta para garantir segurança jurídica e solidez nessa grande operação”, disse o presidente da Conab, Edegar Pretto, no comunicado divulgado neste sábado (8) no site do órgão.

Com a repercussão, a Conab afirmou que o “formato de leilão adotado pela Companhia utiliza as Bolsas de Mercadorias como intermediárias”. Segundo a Conab, cabe a cada uma das Bolsas “analisar a capacidade daqueles que representam em leilões oficiais, que são normativamente responsáveis pelos lances que realizam”.

 

“Qualquer desrespeito à legislação e às regras do leilão atrai punições. As Bolsas de Mercadorias são responsabilizadas caso permitam a participação de empresas que não atendam às exigências do aviso e outras exigências que estão previstas no Contrato de Prestação de Serviço firmado com a Conab”, disse a companhia, em nota, na sexta-feira (7).

 

O governo federal anunciou a aquisição de arroz importado em razão das fortes chuvas no Rio Grande do Sul, um dos principais produtores do cereal no país. Assim, o Executivo pretende manter o preço do cereal no mercado doméstico regulado.

 

Na quinta-feira (6), o presidente da Conab disse que o leilão foi um “sucesso” e que outro edital será publicado para a compra de mais 36 mil toneladas, com o objetivo de fechar a meta de aquisição de 300 mil toneladas de arroz importado.

 

Leilão custou R$ 1,3 bilhão ao governo

A maior quantidade de lotes do leilão foi arrematada por uma empresa cuja atividade principal inscrita no CNPJ é “comércio atacadista de leite e laticínio”. A mercearia, localizada em um bairro de Macapá (AP), receberá R$ 736,3 milhões do governo para importar 147,3 mil toneladas de arroz.

 

A segunda maior fatia foi levada por uma empresa que atua no setor e poderá vender ao governo 73,8 mil toneladas de arroz pelo valor de R$ 368,9 milhões. Em terceiro lugar aparece uma locadora de veículos e máquinas, que ganhará R$ 112,5 milhões com a venda de 22,5 mil toneladas de arroz. Procurada pela Gazeta do Povo, a locadora disse que tem experiência em leilões do governo federal e já cumpriu contrato com a Conab.

 

Já a quarta empresa tem como principal atividade registrada no CNPJ a “fabricação de sucos concentrados de frutas, hortaliças e legumes”. Localizada no município de Tatuí (SP), esta empresa receberá R$ 98,7 milhões pelo repasse de 19,7 mil toneladas de arroz ao governo.

 

Últimas Notícias

ONG Latidos do Bem Inaugura Nova Loja no Cascavel JL Shopping em Parceria com Penitenciária Industrial de Cascavel

No intuito de estender seu alcance e contribuir de forma ainda mais significativa para causas sociais, o Cascavel JL Shopping tem o prazer de anunciar a inauguração da loja da ONG Latidos do Bem em suas instalações.

Denúncia: RS ainda vive o descaso do governo

Depois das enchentes baixarem, a limpeza aguarda pelo vontade da prefeitura, moradores em meio ao lixo e doenças causadas pela sujeira

Cascavel Futsal fará jogos sem público

Na manhã desta quarta-feira (12) o Presidente do time esclareceu o motivo através de nota

Siga nos

Leia também

Cadastro de endereços do IBGE é cruzado com áreas afetadas por chuva

Depois das enchentes baixarem, a limpeza aguarda pelo vontade da prefeitura, moradores em meio ao lixo e doenças causadas pela sujeira

Colegiado pretende apurar denúncias sobre estrutura digital financiada com dinheiro público

Dia 14 de junho é o Dia Mundial do Doador de Sangue

Especialistas calculam que 70 milhões de trabalhadores podem ser beneficiados por nova regra

Conab também instaurou uma apuração interna

Dia dedicado no incentivo da população a acabar com o preconceito a condição genética que atinge 21 mil brasileiros

Rolar para cima

Inscrição feita com sucesso!