Economia

Governo Federal corta orçamento de Farmácia Popular, Aux. Gás, PF, Exército e obras em rodovias

Polícia Federal se manifestou: "Redução superior a R$ 200 milhões impacta investigações, emissão de passaportes e manutenção de serviços básicos"

Revista Oeste

7 de junho de 2024

Facebook
WhatsApp
Telegram

Economia

Governo Federal corta orçamento de Farmácia Popular, Aux. Gás, PF, Exército e obras em rodovias

Polícia Federal se manifestou: "Redução superior a R$ 200 milhões impacta investigações, emissão de passaportes e manutenção de serviços básicos"

Revista Oeste

7 de junho de 2024

WhatsApp
Facebook

O governo Lula (PT) cortou R$5,7 bilhões do orçamento, medida que afetou a Receita Federal, Polícia Federal e Exército, além de programas sociais, como Farmácia Popular, ensino integral e Auxílio Gás. Obras em rodovias federais também sofrerão perdas.

O Exército afirmou que o corte prejudica o planejamento estratégico da Força, enquanto a Polícia Federal relatou que a redução superior a RS 200 milhões em comparação a 2023 impacta investigações, operações, segurança do G20, emissão de passaportes e manutenção de serviços básicos.

Impacto e contestação dos órgãos afetados 

Os cortes incluem despesas revisadas depois de o resultado da inflação de 2023 e outras reduções ao longo do ano que não terem sido repostos. O Ministério do Planejamento afirmou que houve ajuste de R$ 4,1 bilhões em março e cancelamento em abril e maio por decisão governamental.

“Em todas essas ocasiões, os órgãos argumentaram que os cancelamentos não trariam prejuízo à execução de suas políticas ou atividades”, informou a pasta. Esses órgãos, no entanto, contestam.

A Polícia Federal relatou que a redução poderá impactar ainda atividades como a realização de investigações e operações, a execução dos trabalhos de polícia judiciária e administrativa, as funções de polícia marítima, aeroportuária e de fronteiras e até mesmo a manutenção de serviços básicos, como o pagamento de aluguéis e o abastecimento de viaturas.

Impacto dos cortes em programas sociais

O Ministério da Saúde defendeu a ideia de que o programa Farmácia Popular saiu de R$ 1 bilhão em 2022 para R$ 5,4 bilhões em 2024.

“Em que pese a redução de recursos, insto não impacta no planejamento do ministério de Imediato, tendo em vista que, ao longo do exercício financeiro, estes recursos poderão ser reestabelecidos e planejamento anual ser executado de forma adequada”, alegou.

Obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) também foram atingidas, com retirada de 100% do recurso do Orçamento de 12 projetos em rodovias federais. O DNIT afirmou que o cancelamento foi um remanejamento para otimizar recursos.

Previdência

A União, por outro lado, aumentou em R$ 13 bilhões e previsão para o pagamento de aposentadorias, pensões e outros benefícios do INSS neste ano. Economistas, como Raul Velloso, alertam para o fato de que os gastos previdenciários  pressionam o Orçamento, exigindo cortes em investimentos e manutenção de órgãos públicos.

“Se o governo não começar atacando o problema previdenciário para valer, vai continuar dando voltas”, afirmou o especialista ao jornal O Estado de S. Paulo. “Hoje, o que ele faz é apertar quem já está apertado, que são os gastos discricionários, e parte da conta está sendo paga pelo encolhimento dos investimentos em infraestrutura, sem os quais a economia não cresce”.

Felipe Salto, economista-chefe da Warren Investimentos, afirmou ao jornal que as despesas com a Previdência estavam subestimadas no Orçamento de 2024. Em maio, o governo obteve um recurso extra R$ 15,8 bilhões, autorizado pelo arcabouço fiscal, mas não recompôs recursos efetivamente cortados.

Emendas parlamentares são protegidas pela legislação e não podem ser reduzidas pelo governo. As despesas afetadas são unicamente aquelas sob controle direto do Executivo federal.

 

Últimas Notícias

ONG Latidos do Bem Inaugura Nova Loja no Cascavel JL Shopping em Parceria com Penitenciária Industrial de Cascavel

No intuito de estender seu alcance e contribuir de forma ainda mais significativa para causas sociais, o Cascavel JL Shopping tem o prazer de anunciar a inauguração da loja da ONG Latidos do Bem em suas instalações.

Denúncia: RS ainda vive o descaso do governo

Depois das enchentes baixarem, a limpeza aguarda pelo vontade da prefeitura, moradores em meio ao lixo e doenças causadas pela sujeira

Cascavel Futsal fará jogos sem público

Na manhã desta quarta-feira (12) o Presidente do time esclareceu o motivo através de nota

Siga nos

Leia também

Cadastro de endereços do IBGE é cruzado com áreas afetadas por chuva

Depois das enchentes baixarem, a limpeza aguarda pelo vontade da prefeitura, moradores em meio ao lixo e doenças causadas pela sujeira

Colegiado pretende apurar denúncias sobre estrutura digital financiada com dinheiro público

Dia 14 de junho é o Dia Mundial do Doador de Sangue

Especialistas calculam que 70 milhões de trabalhadores podem ser beneficiados por nova regra

Conab também instaurou uma apuração interna

Dia dedicado no incentivo da população a acabar com o preconceito a condição genética que atinge 21 mil brasileiros

Rolar para cima

Inscrição feita com sucesso!