Notícias Brasil

Juiz dá 24h ao governo Lula para explicar importação de arroz chinês

Ação na Justiça Federal do Rio Grande do Sul foi movida por deputados do Novo

Revista Oeste

5 de junho de 2024

Facebook
WhatsApp
Telegram

Notícias Brasil

Juiz dá 24h ao governo Lula para explicar importação de arroz chinês

Ação na Justiça Federal do Rio Grande do Sul foi movida por deputados do Novo

Revista Oeste

5 de junho de 2024

WhatsApp
Facebook

A Justiça Federal do Rio Grande do Sul deu 24 horas à União e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), para que expliquem a realização do leilão de arroz importado, marcado para esta quinta-feira (6).

O juiz Bruno Risch, da 4ª Vara Federal de Porto Alegre, solicitou as razões para compra de arroz importado, uma vez que produtores gaúchos assegurem que não há risco de desabastecimento, apesar dos danos recentes às lavouras.

Os deputados gaúchos Marcel van Hattem (Novo), Lucas Redeecker (PSDB) e Felipe Zortea Camozzato (Novo) alegam que o produto nacional correria riscos, com prejuízo estimado de R$ 2 milhões.

Eles moveram uma ação popular que, além de pedir a suspensão do leilão, busca a anulação de portarias e medidas provisórias que permitem a compra de arroz importado sem taxação.

“Essa intervenção ilegal e injustificável da União Federal tem causado um aumento significativo do preço do arroz não só a nível Brasil, como também a nível de países integrantes do bloco econômico do Mercosul”, afirmam os parlamentares.

A Confederação da agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) ingressou, no Supremo Tribunal Federal (STF), com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade  contra a maior importação de arroz e os leilões da Conab nesta segunda-feira (3).

Leilão de arroz

O leilão de arroz faz parte de um plano do governo para intervir no mercado de arroz, apesar das estimativas oficiais para a produção de 2024 superarem em 5% os registros da colheita nacional do ano anterior. O pano de fundo são as enchentes do Rio Grande do Sul – Estado responsável por abastecer por volta de 70% da oferta de arroz do Brasil.

É verdade que as chuvas causaram destruição em várias regiões do Estado – incluindo grande parte das lavouras. Contudo, relatórios oficiais da própria Conab mostram que a  maior parte da safra dos arrozais foi preservada.

 

Últimas Notícias

ONG Latidos do Bem Inaugura Nova Loja no Cascavel JL Shopping em Parceria com Penitenciária Industrial de Cascavel

No intuito de estender seu alcance e contribuir de forma ainda mais significativa para causas sociais, o Cascavel JL Shopping tem o prazer de anunciar a inauguração da loja da ONG Latidos do Bem em suas instalações.

Denúncia: RS ainda vive o descaso do governo

Depois das enchentes baixarem, a limpeza aguarda pelo vontade da prefeitura, moradores em meio ao lixo e doenças causadas pela sujeira

Cascavel Futsal fará jogos sem público

Na manhã desta quarta-feira (12) o Presidente do time esclareceu o motivo através de nota

Siga nos

Leia também

Cadastro de endereços do IBGE é cruzado com áreas afetadas por chuva

Depois das enchentes baixarem, a limpeza aguarda pelo vontade da prefeitura, moradores em meio ao lixo e doenças causadas pela sujeira

Colegiado pretende apurar denúncias sobre estrutura digital financiada com dinheiro público

Dia 14 de junho é o Dia Mundial do Doador de Sangue

Especialistas calculam que 70 milhões de trabalhadores podem ser beneficiados por nova regra

Conab também instaurou uma apuração interna

Dia dedicado no incentivo da população a acabar com o preconceito a condição genética que atinge 21 mil brasileiros

Rolar para cima

Inscrição feita com sucesso!