Desculpe, não possível recuperar os dados no momento.

Notícias Paraná

Novo projeto de lei quer criar rede de atendimento contra uso de drogas

Projeto está em consonância com a Política Nacional de Drogas e Plano Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas

AEN

13 de junho de 2024

Facebook
WhatsApp
Telegram

Notícias Paraná

Novo projeto de lei quer criar rede de atendimento contra uso de drogas

Projeto está em consonância com a Política Nacional de Drogas e Plano Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas

AEN

13 de junho de 2024

WhatsApp
Facebook

O Governo do Paraná encaminhou à Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (12) o projeto de lei nº 376/2024  que tem como objetivo instituir o Programa de Atenção às Pessoas em Situação de Uso Prejudicial de Álcool e Outras Drogas.

Vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Social e Família, o programa estabelece uma rede de serviços intersetorial formada por áreas como Saúde, Assistência Social, Segurança Pública e outros.

O projeto de lei traz as diretrizes de como essa atuação coordenada acontecerá e os serviços ofertados por ela, como, por exemplo, o acolhimento temporário específico para pessoas em uso prejudicial e dependência de álcool e outras drogas, para intervenção terapêutica e reorganização psicossocial; além do apoio e suporte aos familiares e ex-acolhidos nos territórios. Todas as ações serão executadas a partir da manifestação de interesse dos atendidos.

Para o secretário estadual do Desenvolvimento Social e Família, Rogério Carboni, esse é mais um projeto pensado e executado a várias mãos, que com a união de esforços atenderá a uma importante área e parcela da população paranaense. “Mais uma vez o Paraná avança nas políticas sociais, com a criação de uma rede integrada e unificada para atender a população mais vulnerável que é dependente de psicoativos. Estamos conseguindo preencher um vazio institucional”, destacou.

O projeto está em consonância com a Política Nacional de Drogas e com o Plano Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas. O público prioritário a ser atendido serão pessoas maiores de 18 anos, em situação de vulnerabilidade, que consigam expressar seu interesse no atendimento, entre outros critérios.

Últimas Notícias

Prefeitura de Dois vizinhos alerta sobre pode de árvores sem autorização

Realizar poda de árvores sem autorização pode gerar multas de até R$ 960,20. Saiba como proceder corretamente

Comentário diário Ogier Buchi no Estúdio News

Confira o comentário do jornalista politico no programa de hoje (15)

O progressismo assino que tentou matar Trump é o mesmo que tenta matar a liberdade no Brasil

Adrilles Jorge afirma que 'há no Brasil uma tradição de violência real contra a verdade'

Siga nos

Leia também

Realizar poda de árvores sem autorização pode gerar multas de até R$ 960,20. Saiba como proceder corretamente

Ao todo, passaram mais de 4 mil pelo local durante os três dias de feira. Neste ano somaram-se 55 marcas e instituições presentes no Sítio São José, propriedade onde o evento ocorreu

Total passou de 14,4 milhões, em 2014, para 25,4 milhões, em 2024

Estados e municípios devem intensificar vigilância

Um programa com os principais destaques políticos tanto regionais quanto do mundo

A maior parte das vagas ofertadas nesta semana é para alimentador de linha de produção, com 5.960 oportunidades

Na bagagem, o grupo levou três robôs para competir nos desafios propostos ao longo do evento, um dos maiores de tecnologia e inovação do mundo, que nesta edição acontece em São Paulo

Rolar para cima

Inscrição feita com sucesso!